Home / Destaques / A R$ 3,98, Campo Grande tem a 4ª gasolina mais barata entre as capitais

A R$ 3,98, Campo Grande tem a 4ª gasolina mais barata entre as capitais

Preço mínimo encontrado em 43 estabelecimentos da Capital foi de R$ 3,879, também o mais barato do Estado, e o máximo de R$ 4,290

Frentista abastece carro em Campo Grande, onde gasolina é a mais barata no Estado (Foto: Kísie Ainoã)

 

Ao custo médio de R$ 3,984 nas bombas, o litro da gasolina comercializada em Campo Grande fechou a semana como a quarta mais barata entre as capitais, de acordo com a pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) realizada entre 28 de julho e 3 de agosto.

O preço mínimo encontrado em 43 estabelecimentos da Capital foi de R$ 3,879, também o mais barato do Estado, e o máximo de R$ 4,290. O litro mais caro foi registrado em Nova Andradina, a R$ 4,649. Já a média no Estado ficou em R$ 4,085.

Entre os municípios do interior, a média mais barata ficou em Dourados, custando para o consumidor final R$ 4,201. A mais cara chegou aos R$ 4,552 em Corumbá. A pesquisa também passou por Coxim (R$ 4,378), Nova Andradina (R$ 4,318), Ponta Porã (R$ 4,394) e Três Lagoas (R$ 4,323).

Outros combustíveis – A pesquisa também aponta que o litro do etanol fechou a semana custando R$ 3,345 em Mato Grosso do Sul, com mínima de R$ 3,099, em Campo Grande, e R$ 3,699, em Três Lagoas. Na Capital, a média registrada foi de R$ 3,258.

Já o etanol ficou entre R$ 3,299 e R$ 3,949, com média de R$ 3,556. O valor mínimo foi registrado na Capital e o mais caro também estava em Nova Andradina.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.