Alunos de Campo Grande completam primeira semana em ensino presencial escalonado

Foram 202 unidades escolares que retomaram as aulas presenciais após 16 meses de suspensão em razão à pandemia da Covid-19

Alunos de Campo Grande completam primeira semana em ensino presencial escalonado – Bruno Henrique

 

Terminou nesta sexta-feira (30), a primeira semana do retorno presencial escalonado da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande.

Foram 202 unidades escolares que retomaram as aulas presenciais após 16 meses de suspensão em razão à pandemia da Covid-19.

A secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes alegou que cada unidade escolar elaborou e cumpriu seus procedimentos de biossegurança, considerando o espaço físico e a quantidade de alunos.

“Agora aguardamos a segunda semana, com as novas turmas designadas por cada escola para estar presencialmente na sala de aula”, explica.

 “Deu tudo certo. Eu queria muito voltar para a aula e tudo que precisar fazer a gente faz, para continuar vindo na escola”, afirmou a aluna do 5° ano da escola Nicolau Fragelli, Júlia da Silva, de 10 anos.

O pai dela, Jeremias da Silva, também ficou feliz com o retorno. “Eu confiei em enviar ela presencialmente, porque percebi que está tudo certinho, seguro para receber os alunos”, disse.

As medidas de higiene para a alimentação dos alunos nas escolas também precisou ser adaptada, mas cada escola define como os alunos irão lanchar.

A merendeira da escola José do Patrocínio, Márcia Cristina Rech era acostumada a cozinhar para cerca de 150 alunos todas as manhãs e tardes antes da pandemia, agora passou a cozinhar para 25 estudantes.

“Foi a primeira semana, e a gente sente a diferença. Mas sabemos que é necessário fazer o escalonamento para que todos fiquem seguros”, disse.

A partir de segunda-feira (2) as turmas serão trocadas, e quem iniciou as aulas presenciais nesta semana irá para o ensino remoto.

Quem fica em casa deverá acompanhar as atividades com o uso do caderno e com as orientações fornecidas pela escola em relação ao calendário de conteúdos, e tirar dúvidas com o professor na sala de aula, ou ainda das 10h às 11h e das 16h às 17h.

“É neste período que o aluno no presencial poderá ir à escola, e quem está no escalonamento na aula remota poderá ir à escola para tirar dúvidas. Quem está em aula remota pode procurar o atendimento on-line, exclusivo por WhatsApp”, explica o superintendente de Gestão das Políticas Educacionais, Waldir Leonel.

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Governo amplia vagas e destina R$ 3,8 milhões para atletas e técnicos de MS

Número de vagas aumentou 45%, de acordo com publicação no Diário Oficial desta quinta-feira   ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.