Após calorão, MS deve registrar chuva a partir de quinta-feira

Há semanas sem chuva e umidade relativa do ar em níveis alarmantes, Estado deve terminar a semana com chuva e queda na temperatura

Após uma semana com temperaturas acima dos 35ºC em praticamente todas as regiões do Mato Grosso do Sul e umidade relativa do ar com índices alarmantes, a partir desta quinta-feira (26), a chuva e as temperaturas caem no Estado, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O metrologista do Inmet Olívio Bahia explicou que uma massa de ar seco continua atuando sobre o Estado no início desta semana, mantendo as temperaturas elevadas. Contudo, a partir da madrugada de quarta-feira (25), os termômetros começam a cair na região sul do Estado, se espalhando para as demais regiões do MS.

“O início da semana será de dias quentes em Mato Grosso do Sul, mas logo isso irá mudar e as temperaturas começam a cair a partir de quarta-feira no sul, que deve começar a aumentar a nebulosidade. A partir de quinta-feira a situação muda em todo Estado, com chuva que deve aliviar o clima seco”, apontou o meteorologista.

Seguindo com altas temperaturas, a previsão é de que Campo Grande comece a ter mudanças no clima a partir de quinta-feira, com aumento de nuvens e, finalmente, a chuva apareça durante a sexta-feira (27).

“Não temos a dimensão da quantidade de chuva que o Estado deve registrar, mas a partir de quinta ela deve se espalhar pelo MS. Na Capital ela deve chegar na sexta-feira e irá aliviar as temperaturas elevadas dos últimos dias”, apontou.

Enquanto a chuva não chega, Corumbá está entre as dez cidades mais quentes do Brasil, com registro de 37.5°C por volta das 13h30, neste domingo (22). As informações fazem parte da pesquisa realizada pelo Inmet, que inclui as cidades mais quentes nas últimas 24 horas. No ranking estão 20 cidades do País.

Para o início da semana, nesta segunda-feira (23), em Corumbá as temperaturas devem variar entre 22°C e 39°C, o dia será de sol intenso, conforme o Inmet. A cidade deve atingir temperatura máxima de 40ºC na terça-feira (24). As temperaturas começam a cair na quarta (25), quando a máxima será 26ºC.

A cidade de Três Lagoas registrará temperaturas entre 37°C e 19°C nesta segunda-feira, enquanto na terça-feira (24), os termômetros ficarão entre 33°C e 21°C.

Campo Grande terá temperaturas elevadas no início da semana, especialmente no período da tarde, dados do Inmet apontam que a máxima deve ficar na casa dos 36ºC entre segunda-feira e quarta-feira. Os termômetros começam a cair na quinta-feira (26). A mínima prevista é de 17°C e máxima de 26°C.

Na região sul do Estado, Ponta Porã deve registrar máxima de 35ºC e em Dourados a máxima prevista para está segunda é de 34ºC.

CLIMA SECO 

Entre as 20 cidades mais secas do Brasil, 11 são de Mato Grosso do Sul, incluindo a Capital, Campo Grande, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A cidade que registrou a menor umidade no Estado foi Maracaju com umidade de 11%, ocupando o segundo lugar de mais seca no ranking nacional. Olívio alerta que a combinação de ar seco e quente favorece a formação de novos focos de queimadas e que a chuva prevista deve aliviar os impactos.

“Mato Grosso do Sul vem há anos registrando falta de chuva extrema nesta época do ano, os solos não se recuperaram devido aos incidentes registrados recentemente, sendo reflexos do período de estiagem severa de anos anteriores, esse chuva deve melhorar um pouco a situação do clima seco”, destacou.

Enquanto a chuva não chega é indispensável manter os cuidados com tempo seco e com a saúde. Tomar bastante água, umidificar ambientes, e evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia estão entre as recomendações de especialistas.

A cidade que registrou a menor umidade no Estado foi Costa Rica, com umidade de 12%, ocupando o quarto lugar no ranking. Campo Grande também registrou índice de umidade semelhante ao do deserto, de 12%, sendo a quinta cidade a registrar a menor umidade do País.

Ivinhema, Rio Brilhante e Água Clara registraram umidade relativa do ar de 13%. Também figuram no ranking de 20 cidades mais quentes os municípios de Corumbá, Coxim, Itaporã, Itaquiraí, Laguna Carapã e Ponta Porã, todas com índice de umidade de 14%.

Além da baixa umidade relativa do ar, o Estado tem um município entre os mais quentes. Neste ranking, Corumbá ocupa a 16ª posição.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Sol brilha forte neste domingo e máximas chegam a 42ºC no Estado

Em Campo Grande, o dia será de poucas nuvens no céu com máxima de 36ºC ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.