Home / Destaques / Araras-canindé são encontradas sem as cabeças em estrada de MS

Araras-canindé são encontradas sem as cabeças em estrada de MS

Não informações sobre o suspeito, que também teria iniciado um processo de depenagem das aves.

Animais estavam próximos à BR-419. (Foto: Julio Faria)

Três araras-canindé foram encontradas mortas e sem as cabeças em uma estrada rural de Anastácio, a 140 km de Campo Grande, nesta quinta-feira (19). O registro foi enviado ao jornal O Pantaneiro.

Indignado com a situação, o fotógrafo Júlio Faria conta que passava pela região próximo à BR-419, quando se deparou com a cena. “Até onde vai a crueldade do ser humano?”, indagou.

Além das cabeças arrancadas, o suspeito teria iniciado um processo de depenagem das aves.

A arara-canindé, também conhecida como arara-de-barriga-amarela, é bastante comum em Campo Grande e, normalmente, mede aproximadamente 80 cm de comprimento.

Ao todo, foram localizadas três aves. (Foto: Julio Faria)
Ao todo, foram localizadas três aves. (Foto: Julio Faria)

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Enfermeiros fazem greve por falta até de agulha em postos de saúde

Profissionais também cobram pagamento de incentivo repassado pelo Ministério da Saúde     Profissionais de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.