Home / Destaques / Bancos restringem clientes a 5 por vez e caixa tem álcool em gel

Bancos restringem clientes a 5 por vez e caixa tem álcool em gel

Entrada de clientes está limitado dentro das agências dos bancos. (Fotos – Kisie Ainõa)

 

Limitação da entrada de clientes por vez, álcool gel instalado ao lado dos caixas e funcionárias limpando as máquinas constantemente. Esta foi a cena vista pela reportagem do Campo Grande News hoje em quatro agências bancárias da Capital: Caixa, Bradesco, Banco do Brasil  e Santander.

Contando com 2 mil trabalhadores em 100 bancos, distribuídos por 27 municípios do Estado, o sindicato dos Bancários de Mato Grosso do Sul já se mobiliza pra evitar o aumento de casos de coronavírus e preservar clientes e bancários. Home office, isolamento de funcionários idosos, maior uso das redes digitais.

As medidas foram determinadas pela FENABAN – Federação Nacional dos Bancos, e está sendo adotada por instituições financeiras de todo Brasil, inclusive de MS. As mudanças incluem trabalho em esquema de home office; divisão de equipes que ainda estão atuando presencialmente e definição de locais de trabalho diferenciados para cada grupo de forma a reduzir o número de profissionais concentrados ao mesmo tempo nos locais de trabalho; foram indicados canais para notificação de casos entre os funcionários dos bancos; e foram criados novos protocolos de limpeza das agências e as equipes encarregadas da tarefa foram orientadas a intensificar a higienização, especialmente dos locais com maior contato das pessoas, como maçanetas, balcões, botões de elevadores e superfície dos caixas eletrônicos.

A FEBRABAN tem orientado o público a usar os meios remotos de atendimento, como mobile e internet banking, que oferecem a quase totalidade das transações financeiras do sistema bancário e dispensam a necessidade de comparecimento às agências.

Bancos e bancários estão trabalhando com o mesmo propósito: proteger o trabalhador e o cliente bancário sem prejudicar o público.

MS- A presidente da entidade,  Neide Rodrigues salienta que uma das  preocupações é com as mães e pais estão com filhos em casa.  “Quem vai ficar em casa: os idosos acima de 60 anos; gente doente com doenças como  diabetes e outros crônicos também fiquem em casa”, explicou.

Neide salienta que com relação ao home office, serão elencados funcionários que ficarão a disposição do banco. Ela explica ainda que as pessoas que estão voltando de férias em cidades de risco, que fiquem 14 dias afastadas.

Um dos pedidos da entidade é com a cobrança de metas – financeiro.”Estamos solicitando um período de dois meses para não cobrir outros profissionais. Ainda a  antecipação das férias, daqueles que estão com filhos em casa”, salientou. As reuniões e agendas o banco já cortou.

Os atendimentos nas agências serão controlados. “Não será permitido mais que 50% do número de cadeiras. Já na Caixa haverá controle no autoatendimento  e não vai poder ter fila”, adiantou. A presidente do sindicato informa que os bancos já estão adotando o fim  das filas,

Estamos acompanhando a orientação nacional  e divulgando as medidas. “Estamos orientando e pedindo aos clientes que saiam apenas paras atividades essenciais. É um apelo que a gente faz”, finalizou.

Aprovação – As medidas foram aprovadas pelos clientes que estavam hoje fazendo serviços nas agências visitadas pela reportagem.

Nas agências do Bradesco e Caixa, ambas situadas na Cândido Mariano com a 13 de maio , os bancos estão obedecendo a orientação e entrada de pequenos grupos. Nos locais a higienização foi reforçada, principalmente no Bradesco. No Bradesco, principalmente, foram instalados suportes com álcool em gel ao lado dos caixas eletrônicos. Duas funcionárias da limpeza estavam  trabalhando somente na frente nos caixas, desinfectando os teclados.

A medida agradou a servidora pública, Júlia Fonseca, de 54 anos. Ela disse que achou interessante a iniciativa. “Eu carrego na bolsa o álcool gel e acho interessante a iniciativa dos bancos de disponibilizar para os clientes”, destacou. Ela diz que acha importante o processo e achou bom as funcionárias que estavam ali para fazer a limpeza. “É importante se prevenir, principalmente no meu caso, porque moro com duas pessoas que fazem parte do grupo de risco. O marido dela de 70 anos que é idoso e cardíaco e o filho tem 33 anos que tem bronquite crônica. “É essencial ter cuidados e higienizar”, conclui.

No Santander da Dom Aquino com a Barão do Rio Branco a fila para entrar era de cada 5 pessoas. A orientação é para que entrem em pequenos grupos. Na Caixa também a entrada era de fila de 5 pessoas e monitorada. Já o BB estava praticamente vazio.

O assessor de imprensa Otávio Augusto Taveira, de 26 anos. Que estava a Caixa destacou que toda prevenção é necessária. Mas criticou a falta de organização. “Não adianta o banco parar, colocar número menor dentro do espaço, se não organizar as filas. Não ter alguém para orientar os clientes. Ou seja se pra ter esquema de segurança contra o corona que seja organizado”, avaliou.

Já Lucimar Beatriz, de 36 anos e funcionaria publica estava no Santander e achou positivas as novas medidas contra o coronavírus. “Essa é uma medida importante para segurança tanto de funcionários quanto dos clientes”, finalizou.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Escolas estaduais terão aulas presenciais e remotas no ano letivo de 2021

Protocolo de biossegurança foi anunciado para as atividades presenciais O Governo de Mato Grosso do ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.