Home / Destaques / Câmara aprova e Campo Grande poderá vacinar idosos em casa

Câmara aprova e Campo Grande poderá vacinar idosos em casa

Projeto de lei aprovado em regime de urgência prevê vacinação de idosos incapazes de sair de casa sozinhos

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou hoje (11) em caráter de urgência, o projeto de lei que prevê a vacinação domiciliar para idosos maiores de 75 anos, incapazes de sair de suas casas sozinhos ou que se locomovam sem auxílio apenas nos arredores da vizinhança de suas respectivas residências.

Foi aprovado também o “Programa Campo Grande pela Vida”, de apoio ao enfrentamento da Covid-19. O Programa compreenderá o acolhimento e atendimento de pessoas com queixas relacionadas aos sintomas de Covid-19, as quais receberão atendimento multidisciplinar, com testagens, exames e medicamentos.

O vereador Dr. Sandro, que criou o projeto, informou que a proposta permite atendimento integral 24 horas; coletas de exames laboratoriais de rotina e urgência; testagem rápida de pacientes; realização de exames de imagens; estabilização de pacientes graves até a remoção; acompanhamento por equipe multidisciplinar; construção de protocolo de triagem com classificação de risco para a Covid-19 e a elaboração de material para orientação de cuidados nas diferentes fases de infecção pela COVID-19.

“Queremos garantir assistência aos pacientes com sintomas respiratórios e suspeita de infecção pela Covid-19, bem como garantir um tratamento adequado e eficiente aos pacientes diagnosticados”, explicou o vereador.

As propostas seguem para a sanção do prefeito Marquinhos Trad (PSD)

 Boletim 

Mato Grosso do Sul bate nove recorde de internados. É o quarto consecutivo.

Nesta quinta-feira (11), o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirma 780 cidadãos hospitalizados, sendo 425 em leitos clínicos (283 público; 142 privado) e 355 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (261 público; 94 privado).

Na segunda-feira (8), esta estatística era de 724 hospitalizados. Já na terça (9), eram 725. Ontem (10), 754 pessoas estavam internadas. O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, teme colapso e diz que a situação em hospitais é preocupante.

Vacinação 

Com a chegada da sétima remessa com 30,6 mil doses na última terça-feira (9), a Prefeitura Municipal de Campo Grande (PMCG) ampliou a faixa etária de vacinação.

Profissionais da área da saúde acima de 55 anos já podem receber a 1ª dose da vacina e idosos com 82 e 83 anos recebem a 2ª dose nesta quinta-feira (11) na Capital.

Amanhã (12), serão imunizadas com a 2ª dose, pessoas com 80 e 81 anos. No sábado (13), pessoas de 80 à 89 anos que perderam o dia de vacinação, terão outra chance para imunizar-se.

Na segunda (15) e terça-feira (16), idosos com 77 anos podem tomar a 1ª dose. Já na quarta (17), quinta (18) e sexta-feira (19), é a vez de pessoas com 76 anos também tomarem a 1ª dose.

Trabalhadores da saúde com mais de 50 anos poderão ser imunizados com a 1ª dose de segunda (15) à sexta-feira (19). No sábado haverá a repescagem dos dois públicos.

A vacinação ocorre em 54 unidades de saúde da Capital, de segunda à sexta-feira, das 13h às 17h, e aos sábados, das 7h30 às 17h30.

Já no drive-thru, a imunização acontece de segunda à sábado, das 7h30 às 17h30, sem intervalo para almoço.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Conta de luz ficará até 8,9% mais cara em Mato Grosso do Sul, decide Aneel

O aumento será de 7,28% para residências e de 10,69% para empresas de 74 cidades ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.