Home / Destaques / Chuva alaga Guanandizão e cancela inauguração, mas Supercopa está mantida

Chuva alaga Guanandizão e cancela inauguração, mas Supercopa está mantida

Fundesporte diz que vazamento não atingiu quadra e partida de vôlei continua mantida para amanhã

Arquibancada ficou alagada durante chuva – Foto: Bruno Henrique

 

 

Chuva que caiu durante toda a madrugada e manhã desta quinta-feira (29) alagou parte da arquibancada do ginásio Guanandizão, em Campo Grande, na véspera da Supercopa de Vôlei.

Reinauguração oficial do ginásio, com ato de entrega e adequação da reforma, que estava marcada para esta quinta-feira (29), foi adiada devido a chuva.

No entanto, partidas da Supercopa de Vôlei 2020 continuam mantidas, com duelo entre as equipes masculinas EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG), às 20h30 desta sexta-feira (29).

Conforme observado por equipe do Correio do Estado no local, chuva caiu dentro do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, mas não atingiu a quadra, que foi preparada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) no padrão para a competição.

Á água escorreu do teto e molhou a parte das arquibancadas e escadas.

A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) informou, por meio da assessoria de imprensa, que o vazamento foi identificado e equipes já trabalham para cobrir a parte que apresentou problemas ainda hoje.

Ainda segundo a Fundesporte, a quadra não apresentou nenhum tipo de problema e o cancelamento da inauguração se deu apenas porque a solenidade seria realizada em local aberto, do lado de fora do ginásio, sem relação com o vazamento.

Jogo marcado para amanhã terá presença de público, com protocolos rígodos de biosserurança devido à pandemia do coronavírus.

Interditado desde 2013, o ginásio Guanandizão será reaberto após passar por reforma geral.

Atualmente, o Guanandizão tem capacidade para 8.240 pessoas e a expectativa é que durante o evento 300 sejam recebidas, para evitar aglomerações.

Reforma

Guanandizão foi reformado com investimento de R$ 3.734 milhões no total, com recursos da prefeitura e do Governo do Estado.

Ginásio teve banheiros, lanchonetes, salas administrativas e vestiários revitalizados.

Além das melhorias estruturais, novas lâmpadas de LED, reforma do teto e nova pintura de amarelo, azul, verde e vermelho em assentos e arquibancadas, o ginásio ganhou novo sistema elétrico e hidráulico.

Adaptações foram feitas para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência e segurança exigida pelo Corpo de Bombeiros.

Na parte interna, onde os astros do vôlei atuarão, a quadra foi preparada com materiais de alta tecnologia, que acompanham palcos esportivos de ponta ao redor do mundo: revestimento com piso emborrachado de poliuretano em elastômeros duráveis e adesivos de alto desempenho, além de pisos de taco ao redor.

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.