Chuva em Campo Grande chega forte e faz temperatura despencar 5°C

Umidade relativa do ar saltou para 100% após chegar a marca de 37% durante a tarde

Imagem de cima do prédio do Bahamas Apart Hotel mostra tempo em Campo Grande nesta noite (Foto: Clima Ao Vivo/Reprodução)

 

Alívio! Essa é a sensação que a chuva que atinge a maior parte dos bairros de Campo Grande nesse noite de sexta-feira (27) trouxe aos moradores da maior cidade de Mato Grosso do Sul e que há semanas vem sofrendo com forte calor, seca extrema e ar poluído pela quantidade excessivas de incêndios em vegetações.

Conforme dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a chuva que começou a rondar a cidade com baixa intensidade por volta das 18h, já acumula 16,4 mm e conseguiu derrubar os termômetros em 5°C até às 23h.

Além disso, os números apontam ainda uma sensível melhora na qualidade do ar, com a umidade relativa atingindo até 100%. No período vespertino, aproximadamente às 15h, esse valor era de 37% – número baixo, mas longe dos extremos anteriores.

Segundo os mesmos dados, não chove desde 28 de julho na cidade, quando ocorreu meros 0,2 mm. Campo Grande tinha previsão de 10 mm de chuva nesta noite, limite já ultrapassado. A previsão também indicava pancadas isoladas, mas a precipitação é generalizada, acompanhada de vários trovões e, claro, os raios que os causam.

Os ventos atingiram rajadas de 46 km/h na cidade, ainda segundo o Inmet. Contudo, a média foi estável, na casa dos 27 km/h, o que não é suficiente para causar estragos. Até o momento, não houve nenhum registro de danos estruturais e queda de árvores causados pela chuva, que deve perdurar durante a madrugada.

Temporal vem aí – Assim como o ocorreu ontem (26), o Inmet mais uma vez emitiu alerta de tempestade para cidades sul-mato-grossenses nesta sexta. Ao todo, 55 municípios estão compreendidos pelo aviso.

O alerta tem validade até às 10h deste sábado (27) e prevê acumulado de até 50 mm de chuva por dia e ventos de até 60 km/h. Há ainda possibilidade de queda de granizo, risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos ocorrerem nas cidades.

Os locais indicados são: Amambaí, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caarapó, Campo Grande, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado e Fátima do Sul.

Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque e Nova Alvorada do Sul também consta na lista.

O alerta é fechado ainda pelas cidade de Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos e Vicentina.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Governo amplia vagas e destina R$ 3,8 milhões para atletas e técnicos de MS

Número de vagas aumentou 45%, de acordo com publicação no Diário Oficial desta quinta-feira   ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.