Home / Destaques / Com dengue em todas as cidades, MS teve 163 novos casos ao dia em 1 semana

Com dengue em todas as cidades, MS teve 163 novos casos ao dia em 1 semana

Número de mortes estabilizou, mas Estado ainda tem a 2ª maior incidência da doença no País

Larvas do mosquito transmissão do vírus da dengue, o Aedes aegypti (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Com dengue em todas as cidades, Mato Grosso do Sul teve 1.143 novos casos de dengue notificados em uma semana, são em média 163 pacientes por dia. No total, o Estado, que ao menos pela segunda semana consecutiva registra a 2ª mais alta incidência da doença no País, teve 63.594 pessoas diagnosticadas com dengue este ano.

Todos os 79 municípios têm incidência da doença considerada alta – quando proporcionalmente, há mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes. Em número absolutos, 2020 já tem o correspondente a 73% do total registrado em 2019, quando foram 85.429 notificações.

Campo Grande concentra o maior número de pessoas contaminadas com o vírus da dengue – 10.065. Em seguida vem Três Lagoas, com 2.637 caso e em terceiro lugar, Ponta Porã com 1.633.

O número de óbitos se mantém o mesmo há duas semana, são 39. Campo Grande registra o maior número de mortes. Foram sete desde o início do ano. Em Corumbá, os óbitos chegaram a quatro. Naviraí e Dourados tiveram três óbitos cada. Houve mais duas em Chapadão do Sul, duas em Mundo Novo e uma, em cada um dos seguintes municípios: Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Costa Rica, Cassilândia, Paranaíba, Aquidauana, Bodoquena, Nova Andradina, Ivinhema, Itaquiraí e Sete Quedas.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.