Com perda de 38% no ano, lojistas apostam em ‘Promo Centro’ para queimar estoque

Com vendas em baixa, comerciantes farão promoção entre os dias 26 e 30 de abril

Movimento na Rua 14 de Julho, a principal do comércio de Campo Grande (Foto: KIsie Ainoã)

 

Mesmo com perdas girando em torno de 38% somente em 2021, comerciantes de Campo Grande resolveram apelar para as promoções na tentativa de movimentar o estoque parado por causa da redução de vendas no período de pandemia. Entre os dias 26 e 30 de abril, a “Promo Centro” vai dar descontos de até 70% para clientes.

A semana de queima de estoque também foi uma maneira encontrada pelos lojistas de se antecipar ao início da segunda fase do programa Reviva Centro, que vai reformar ruas da área central, como a Rui Barbosa, por exemplo.

“Pedimos ao prefeito para iniciar as obras após o dia das mães e ele nos atendeu. Queremos que o empresário consiga fazer boas vendas usando o que tem em seu estoque, liberando para troca de coleção e outras ações, além de ganhar um fôlego para o período de obras, que se inicia agora no mês de maio”, explica o presidente da Câmara de Diretores Lojistas de Campo Grande, Adelaido Vila.

Impasse – Desde o início da pandemia, em março do ano passado, o setor lojista e representantes da área da saúde enfrentam dilema quanto à aplicação de medidas restritivas como o toque de recolher e fechamentos de comércios considerados não essenciais.

Enquanto a Saúde apresenta dados sobre aumento de mortes e lotação de leitos hospitalares, o comércio amarga prejuízos com redução de vendas e fechamento de lojas, enquanto pede para funcionar seguindo protocolos de biossegurança.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Lojistas da Capital apostam em descontos de até 50% em produtos para o Dia das Mães

Essa é a segunda data comemorativa mais esperada pelo setor de varejo Faltando apenas dois ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.