Home / Destaques / Com público-alvo de 1 milhão de pessoas em MS, vacinação contra a gripe começa em abril

Com público-alvo de 1 milhão de pessoas em MS, vacinação contra a gripe começa em abril

Campanha vai coincidir com vacinação da Covid e orientação é que haja intervalo de 14 dias entre as doses

Mais de 1 milhão de pessoas fazem parte do público-alvo em MS – Foto: Arquivo

 

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa no dia 12 de abril e vai até o dia 9 de julho em todo o Brasil, segundo informou hoje (16) o Ministério da Saúde.

Em Mato Grosso do Sul, fazem parte do público-alvo da campanha 1.080.897 pessoas.

A meta é vacinar, pelo menos, 90% das pessoas dos grupos prioritários.

Fazem parte do público-alvo:

  • crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • gestantes;
  • puérperas;
  • povos indígenas;
  • trabalhadores da saúde;
  • idosos com 60 anos ou mais;
  • professores das escolas públicas e privadas;
  • pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • pessoas com deficiência permanente;
  • forças de segurança e salvamento;
  • forças armadas;
  • caminhoneiros;
  • trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • trabalhadores portuários;
  • funcionários do sistema prisional;
  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • população privada de liberdade.

Os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas.

Neste ano, a campanha coincidirá com a vacinação contra a Covid-19 e a recomendação é que não sejam aplicadas as doses das diferentes simultaneamente, sendo orientado que, quem fizer parte dos dois grupos, priorize a imunização contra a Covid-19.

Orientação é que seja respeitado o intervalo de 14 dias entre uma vacina e outra.

O Ministério da Saúde orienta aos estados que todas as medidas de prevenção à transmissão do coronavírus sejam adotadas durante a campanha nos postos de vacinação.

A imunização tem objetivo de prevenir o surgimento de complicações decorrentes da Influenza, mortes, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19., tendo em vista que muitos deles são comuns a ambas as doenças.

Segundo especialistas, a vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para covid-19.

Os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização (Dia D), conforme a realidade de cada região.

No total, o Ministério da Saúde vai distribuir 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, para imunização do público-alvo. Não foi informado o quantitativo que será enviado para cada estado.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Prêmio de 40 milhões da Mega-Sena tem uma aposta vencedora

Uma única aposta acertou os seis números do concurso 2363 da Mega-Sena realizado neste sábado (17) ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.