Home / Destaques / Comissão é criada para acompanhar construção de hospital

Comissão é criada para acompanhar construção de hospital

Prefeito de Campo Grande vai escolher os nomes dos integrantes

Grupo que vai fiscalizar as ações do projeto será composto por nove integrantes – Foto: Arquivo/Correio do Estado

 

Comissão Especial Estratégica para acompanhar a construção do Hospital Municipal de Campo Grande (HMCG) foi criada e os integrantes serão escolhidos pelo prefeito Marcos Trad Filho (PSD).

O grupo será composto por nove pessoas, sendo um presidente, um secretário e oito membros representantes de diversas Secretarias e da Procuradoria Geral do Município.

O objetivo da comissão é de acompanhar a execução de todas as fases do projeto, desde a captação de recursos a execução física.

HOSPITAL

A motivação para construção do hospital municipal se iniciou devido a frequentes paralisações dos serviços na Santa Casa de Campo Grande, em função das greves de profissionais. A parceria será entre o governo do Estado e a prefeitura.

Proposta semelhante já havia sido ventilada em 2013, pelo então prefeito Alcides Bernal (PP), mas o projeto nunca saiu do papel.

Conforme o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, tanto o governo estadual quanto o municipal estão descontentes com o serviço oferecido pelo hospital e a ausência de diálogo com a atual gestão. “Ficamos incomodados, porque é todo dia notícia de paralisação do serviço na Santa Casa e por falta de pagamento. Mas a Santa Casa tem recursos que ela recebe com regularidade e tem outras fontes de recursos. Então, ela tem condições de honrar esse compromisso com o corpo médico. Logicamente que o repasse do Estado pode ter um atraso pontual, mas ela não pode jogar a responsabilidade de problemas na gestão do hospital em cima do Estado e do município. Estamos fazendo o repasse com muito mais regularidade do que no passado”, garante.

Para resolver o problema, o gestor afirma que ambos os governos têm pensado em soluções emergenciais, além da construção do hospital, que exigirá um pouco mais de tempo. “Estamos pensando num plano B para a gente não ficar dependente da Santa Casa, nós estamos em Brasília discutindo isso. A única saída é contratação de serviços de outros hospitais, inclusive particulares, e em médio prazo, a construção de um hospital municipal”, disse o secretário.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.