Home / Destaques / Curva da covid-19 dobra em MS de uma semana para outra e triplica em Dourados

Curva da covid-19 dobra em MS de uma semana para outra e triplica em Dourados

Número de casos confirmados atingiu 1488 desde 14 de março no Estado, com aceleração nas últimas semanas 

O secretário de Saúde, Geraldo Resende, durante transmissão ao vivo para apresentar dados da covid. (Foto: Reprodução/Facebook)

Entre a 20ª e a 22ª semana da pandemia de novo coronavírus, o número de casos confirmados dobrou em Mato Grosso do Sul. Em Dourados, a segunda maior cidade do Estado, com 220 mil habitantes, o crescimento foi ainda maior: o registro triplicou.

Os dados foram apresentados nesta manhã durante transmissão ao vivo pelo secretário de Saúde, Geraldo Resende, e pela secretaria-adjunta, Christine Maymone. De acordo com os números apresentados, só de sábado para domingo foram 71 positivos a mais em todo o Estado.  O número de óbitos passou a 20, com mais um caso em Campo Grande, neste sábado, de caminhoneiro de 61 anos.

Desde o primeiro contágio por novo coronavírus foi registrado em Mato Grosso, o número de notificações acumuladas é de 11.732. As confirmações atingem 1488.

Evolução – Geraldo Resende comentou que era previsto um pico entre a 20ª e 22ª semana, como está se confirmando, de acordo com ele. No Estado, citou, na 20ª semana, foram 171 registros, na 21ª, 370. Agora, na semana encerrada, a 22ª, o dado chegou a 570.

Em Dourados, foram 37 na 20ª semana da pandemia, 121 na segunda e, nesta 22ª, chegou a 318, três vezes mais que no período anterior.

O secretário atribui a situação de Dourados ao “eveto epidemiológico no frigorífico”, em alusão das unidades da JBS-Seara e BRG, que isolaram trabalhadores depois de casos positivos.

As duas industrias tem mais de 5,8 mil trabalhadores. A JBS-Seara confirmou 168 contágios e a BRF 18.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.