Home / Destaques / Dia começa com 28º óbito por covid em MS; doença matou caminhoneiro de 53 anos

Dia começa com 28º óbito por covid em MS; doença matou caminhoneiro de 53 anos

Caso de covid foi confirmado no dia 29 de maio e homem estava internado na Santa Casa desde 1º de junho

Corumbá notificou 2.226 casos suspeitos e, destes, 108 foram confirmados (Foto/Divulgação)

Um homem de 53 anos é o 1º caso de morte por covid-19 em Corumbá, município a 419 quilômetros de Campo Grande, sendo a 28º morte em Mato Grosso do Sul. Segundo a secretaria Municipal de Saúde, ele estava internado desde o dia 1º de junho na Santa Casa e morreu às 3h, após sofrer infarto.

Segundo a secretaria Municipal de Saúde, o homem tem histórico médico de hipertensão e diabates e havia sido registrado como caso positivo da doença no dia 29 de maio. Ele era caminhoneiro, com histórico de viagem por Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia e São Paulo.

Conforme último boletim divulgado pelo Município, Corumbá notificou 2.226 casos suspeitos, sendo que 2.047 foram descartados e 108 confirmados. Ainda há 71 casos suspeitos aguardando resultado laboratorial.

Dos 108 positivos, 38 pessoas já se recuperaram da doença, 35,19% das notificações. Agora, quatro pacientes estão internados (4,63%).

Todos são homens, com idades de 54 e 59 anos, internados no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa, e os outros três, com idades de 52, 43 e 37 anos, estão em leitos clínicos.

Ontem, em apenas 24 horas, Mato Grosso do Sul registrou três mortes em decorrência do novo coronavírus, sendo em Ponta Porã, Sidrolândia e Rio Brilhante.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.