Home / Destaques / Em MS, filas por auxílio de R$ 600 acabaram graças a máquina de débito

Em MS, filas por auxílio de R$ 600 acabaram graças a máquina de débito

No sistema, recurso distribuído pelo governo federal pode ser usado sem necessidade de ir a banco 

Maquina de pagamento da Rede Tendência, na qual é possível pagar com o cartão virtual do Auxílio Emergencial. (Fotos: Marcos Maluf)

Acabaram as cenas das “filas da humilhação” à porta das agências da Caixa, nas quais beneficiados pelo auxílio emergencial de R$ 600 distribuídos pelo governo federal se aglomeravam, perdiam tempo e corriam risco em plena pandemia de novo coronavírus. Em Mato Grosso do Sul, a mudança no quadro tem relação com a entrada no mercado de novidade que facilitou, ao mesmo tempo, a operação do banco, a vida de quem precisa do recurso e ainda ofereceu alternativa de recebimento a mais de seis mil pontos comerciais que usam as maquininhas da Rede Tendência.

O serviço garante o uso do auxílio como se fosse um cartão de débito, eliminando a necessidade de ir ao banco para dispor do valor. Basta “passar” o cartão virtual do Auxílio Emergencial na máquina de pagamentos da empresa sul-mato-grossense.
Ela está em 84 localidades em todas as regiões, ou seja, cobre geograficamente o Estado inteiro.

Levantamento obtido pelo Campo Grande News mostra que, em uma semana, foram mais de 29 mil transações por meio do sistema, em 1, 3 mil estabelecimentos.

O meio de pagamento, surgido em Mato Grosso do Sul, está presente em todo o País. No intervalo de tempo citado, foram feitas operações com o cartão do Auxílio Emergencial em mais de 750 cidades pela Rede Tendência.

Mesmo em cidades sem agências da Caixa ou lotéricas, existe uma maquinha da Rede Tendência para usar o Auxílio Emergencial pelo aplicativo Caixa Tem.

Como funciona – Para usar, quem tem direito ao socorro financeiro do governo federal precisa, antes de tudo, conferir no aplicativo Caixa Tem se o saldo é positivo e escolher o seu local de compra, entre os que têm o serviço. Dá para usar o cartão virtual em conveniências, mercadinhos de bairros e grandes atacadistas.

É simples. Basta baixar o aplicativo que gera um cartão digital, com número, data de validade e código de verificação.

No ato da compra, é como se fosse como qualquer outro cartão de débito. O cliente informar que quer pagar com o Auxílio Emergencial, o lojista seleciona a opção direto na maquininha, digita o valor da compra, CPF do consumidor e código de verificação. É, além de tudo, seguro para quem compra e quem vende.

Todos os pontos habilitados da Rede Tendência são sinalizados com adesivos e banners.

No site www.incontre.com.br estão os endereços das empresas que dispõe do serviço.

Quem pode – A Caixa está pagando, nesta semana, a segunda parcela dos auxílios, que são autorizados a trabalhadores informais de baixa renda, a beneficiários do Bolsa Família.

O valor, em geral, é de R$ 600. Para as mães solteiras, o valor do auxílio emergencial é de R$ 1,2 mil.

Quem está no Bolsa Família não precisa se cadastrar e recebe a renda básica emergencial no mesmo dia do pagamento do programa social, que ocorre entre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.