Home / Destaques / Empresa vai reformar Cidade do Natal por valor 17% abaixo da referência

Empresa vai reformar Cidade do Natal por valor 17% abaixo da referência

MDP Construção Civil venceu uma das licitações que tem a Cidade do Natal como objeto

Ciclista passeia em frente à Cidade do Natal na Avenida Afonso Pena (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A Prefeitura de Campo Grande divulgou nesta quarta-feira (23) o resultado de uma das licitações que tem a Cidade do Natal como objeto. Para reformar e fazer a manutenção do espaço localizado na Avenida Afonso Pena, a MDP Construção Civil vai ganhar dos cofres municipais R$ 322.802,59. O valor é, aproximadamente, 17% menor do que o preço de referência do certame.

O executivo firmou em R$ 394.551,37 o preço que atraiu 7 empresas para a disputa. Participaram da disputa Meta Construtora, Trevo Engenharia, Soares e Trefzger, BML Comércio e Serviços, 7 Irmãos Comércio e Serviços, MDP Construção Civil e Construtora Paulo Barbosa. Além da reforma, a empresa terá de realizar manutenção na Cidade do Natal.

A MDP tem cinco dias para começar o trabalho depois da OIS (Ordem de Início dos Serviços), que ocorre após assinatura do contrato, e terá de terminar em, no máximo, dois meses. Além da reforma, a prefeitura divulgou na tarde de segunda-feira (21) o prazo para a seleção das empresas que irão comercializar alimentos e bebidas na praça de alimentação.

As entidades terão trinta dias para apresentarem as propostas e a documentação exigida como pré-requisito para atender nos quiosques do local. A Cidade do Natal estará aberta para o público entre os dias 13 de dezembro e 6 de janeiro de 2020, das 17h às 23h. No dia 24/12/2019 a praça estará aberta das 17 horas às 20h e no dia 31 de dezembro, das 17h às 02h do primeiro dia de 2020.

Obras futuras – Além disso, uma empresa já foi contratada pela Prefeitura para elaborar um projeto de arquitetura e projetos complementares para o espaço. A contratada foi Ellen do Nascimento Cunha Santiago, que vai definir de que forma vai ser a obra que vai dar nova cara à Cidade do Natal em 2020.

Além de elaborar todo o projeto arquitetônico, ou seja, de que forma vão ficar as paredes, edifícios e os quiosques, também vai ter de elaborar projetos de estrutura elétrica e hidráulica. Foram investidos R$ 103.856,40 dos cofres municipais para o projeto.

A obra em si, só começa em 2020. Uma licitação em busca da empresa para construir o novo espaço ainda será lançada e deve ter investimento de R$ 2,5 milhões, conforme explicou o titular da Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), Rudi Fioresi, recurso do governo federal.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.