Home / Destaques / Ensino médio volta dia 19 de outubro para escolas particulares de Campo Grande

Ensino médio volta dia 19 de outubro para escolas particulares de Campo Grande

Decisão foi tomada durante a reunião desta quinta-feira no Ministério Público do Estado

Aulas da educação infantil voltou no dia 21 de setembro ao presencial – Álvaro Rezende/Arquivo

 

 

As aulas presenciais das turmas do ensino médio das escolas particulares de Campo Grande serão retomadas no dia 19 de outubro deste ano.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (1º), após reunião entre representantes das instituições de ensino, da prefeitura e do Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a decisão, a volta será de apenas 30% dos estudantes, assim como ocorreu com os alunos da educação infantil, que retornaram para as escolas no dia 21 de setembro.

As atividades presenciais nas instituições estão paralisadas desde o dia 23 de março deste ano, por causa da chegada dos primeiros casos da pandemia da Covid-19 a Mato Grosso do Sul.

Segundo o secretário de Saúde do município, José Mauro de Castro Filho, se a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) chegar a 80% em Campo Grande essa decisão será revista.
EDUCAÇÃO INFANTIL

Após o retorno das aulas para a educação infantil, o Ministério Público realizou fiscalização nas escolas e, segundo secretário, foram constatadas algumas pequenas irregularidades, que foram notificadas e corrigidas.

Apesar desses problemas, Castro salienta que isso não impedirá o retorno dos adolescentes às aulas presenciais.

“A diferença no ensino médio é que esses alunos têm a necessidade de fazer o vestibular, o [Exame Nacional do Ensino Médio] Enem. Então tem a necessidade desses alunos terem uma retaguarda principalmente para os que tiveram dificuldade no ensino remoto”, disse o secretário.

Apesar de a retomada ser de 30%, as instituições prometem protocolar documento na prefeitura para solicitar que esse porcentual seja ampliado para 50%, tanto para os adolescentes, quanto para as crianças.

“Tivemos reivindicações para que a ocupação da escola aumente, respeitando o distanciamento de 1,5 metro, que será encaminhado para o prefeito segunda-feira com todas as reivindicações dos representantes das escolas”, declarou a promotora Vera Bogalho, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Educação (Geduc).

“O MP concordou com esse posicionamento até porque na área da educação tudo está ocorrendo bem. Nós visitamos as escolas que estão tendo aula e elas estão respeitando o regramento”, completou.

Desde a volta, o MP visitou nove escolas e a Vigilância Sanitária outras 42, conta Bogalho.

“Não tivemos nenhum relato de contaminação dentro das escolas até agora”, salientou.

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.