Escolas municipais distribuem celulares para facilitar o ensino remoto durante o escalonamento

Aparelhos foram apreendidos de presídios e estão prontos para uso dos estudantes

 

Alunos das escolas municipais Professor João Cândido de Souza, no Jardim Anache, e Sulivan Silvestre Oliveira – Tumune Kalivono, na Aldeia Urbana Marçal de Souza, receberam aparelhos de celulares para acompanhar as atividades enquanto estiverem no escalonamento presencial na Rede Municipal de Ensino (Reme).

O objetivo é contribuir com o acesso à tecnologia e desenvolvimento educacional de alunos da rede pública de ensino da Capital, com a distribuição dos aparelhos às famílias mais vulneráveis em meio a pandemia da Covid-19.

Aproximadamente 280 alunos autodeclarados indígenas das duas unidades e também das escolas municipais Professor Carlos Henrique Schrader, no Flamboyant, e Frederico Soares, na Vila Popular, vão receber os primeiros aparelhos.

A Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande (Semed) recebeu parte dos aparelhos celulares e iniciou a entrega aos alunos da Reme autodeclarados indígenas. Os equipamentos passaram por inspeção, onde foi constatada a impossibilidade de reutilização.

“É de extrema importância podermos proporcionar os meios adequados para que nossos alunos acompanhem as aulas presenciais e também em casa, enquanto houver o escalonamento. E os primeiros a receberem são os nossos alunos autodeclarados indígenas”, explicou a secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes.

A ação integra o projeto “Transforme”, idealizado pelo Ministério Público Estadual, por meio da 50ª Promotoria de Justiça, e conta com apoio da Vara de Execução Penal do Interior (Vepin), que autorizou a entrega.

Antes da parceria, os aparelhos serviam de provas em processos penais e, posteriormente, eram descartados com autorização judicial. A partir de agora, os que se encontram em bom estado de conservação serão entregues ao MPMS, que fará o repasse para uma das instituições de ensino superior parceiras, sendo a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Estácio de Sá ou Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Mais 680 aparelhos celulares foram entregues pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) à Semed. A doação contemplou aparelhos apreendidos em unidades penais do interior do Estado.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Governo amplia vagas e destina R$ 3,8 milhões para atletas e técnicos de MS

Número de vagas aumentou 45%, de acordo com publicação no Diário Oficial desta quinta-feira   ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.