Home / Destaques / Fiscalização interdita 8 comércios, acaba com festa e manda centenas para casa

Fiscalização interdita 8 comércios, acaba com festa e manda centenas para casa

Segundo balanço, 227 pessoas descumpriram toque de recolher na noite deste sábado

Fiscais da Semadur, acompanhados da Guarda Municipal, interditam comércio irregular (Foto: Divulgação/Semadur)

As frentes integrantes da operação conjunta para cumprimento das medidas restritivas à circulação de pessoas e atividades econômicas não essenciais em Campo Grande tiveram trabalho intenso na noite deste sábado (25), quando oito comerciantes tiveram estabelecimento interditado e 227 desobedientes ao toque de recolher foram mandados de volta para casa.

Segundo balanço das ações, fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) lacraram cinco comércios irregulares, mesmo número de notificações emitidas por falta de alvará. A Vigilância Sanitária autuou e interditou outros três.

Somados aos estabelecimentos vistoriados pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), 473 atividades comerciais foram fiscalizadas entre 19h e 23h de ontem.

Este é o segundo e último fim de semana de proibição ao funcionamento de serviços supérfluos, medida imposta a fim de frear o contágio em massa pelo novo coronavírus.

Na ofensiva para fazer valer o toque de recolher imposto das 20h às 5h, a Guarda Municipal deu orientações para 85 comerciantes e oito residências. Entre os 227 recomendados a voltar e ficar em casa, um acabou levado para a delegacia.

A Guarda recebeu 652 ligações durante o plantão, das quais 371 para denunciar infrações às medidas de isolamento social.

Na Vila Carvalho, região central da cidade, a Polícia Militar interrompeu festa com 30 pessoas em casa na Rua Brás Cubas, no fim da tarde deste sábado (25). Antes, o dono da residência “se fez de desentendido”, segundo registro de ocorrência, e disse ter apenas oito pessoas no local. Ninguém usava máscara de proteção facial.

A PM ainda prendeu foragido da Justiça na região do Jardim Aeroporto, ontem, por volta de 21h40. O rapaz vai responder também por infração à medida sanitária vigente.

Promotores do MPMS (Ministério Público Estadual) também participaram das iniciativas de fiscalização.

Trânsito – As blitze para reforçar as medidas de controle ao deslocamento na cidade filtraram 113 veículos neste sábado, com 35 notificações lavradas. A fiscalização removeu 15 veículos ao pátio do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) e flagrou motoristas bêbados, sem habilitação, carros sem placas e com documentação vencida.

Na Avenida Eduardo Elias Zahran, técnico bancário de 52 anos foi preso em flagrante após soprar o bafômetro em blitz da Lei Seca, às 20h30 deste sábado. Ele pagou fiança de R$ 1.045 para responder ao crime em liberdade.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.