Home / Destaques / Funcionário de banco denunciam gerente por humilhações e cobrança abusiva

Funcionário de banco denunciam gerente por humilhações e cobrança abusiva

Faixa com dizeres “gerente geral assediador, aqui tem!” foi afixada em frente ao banco; sindicato cobra mudança de atitude

Faixa denúncia funcionário de agência da Rua Dom Aquino (Foto: Mirian Machado)

Em nome de pelo menos dez funcionários da agência Bradesco da Rua Dom Aquino, em Campo Grande, o sindicato da categoria organiza protesto denunciando caso de assédio moral cometido pelo gerente geral.

De acordo com a diretora do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Leila Oliveira, foram recebidas denúncias de 10 dos 16 membros da equipe. Na lista, cobrança de metas abusivas, fora da média estipulada pelo banco, sobrecarga de trabalho, humilhações constantes, imposição de horários injustificados e contestar, a todo o momento, as decisões dos funcionários.

“Esse problema é recorrente, o banco já tinha dado uma chance antes”, disse Leila. No dia 8 de maio de 2018, o sindicato havia feito protesto por conta do mesmo problema e, na ocasião, foi dada oportunidade para que o gerente geral mudasse de atitude.

As denúncias fizeram com que o gerente regional viesse a Campo Grande para reunião hoje na agência. Os dirigentes sindicais vão retardar o atendimento ao público em uma hora, sendo previsto para começar às 12h.

Segundo o sindicato, essa segunda tentativa é para evitar que a denúncia seja formalizada no MPT (Ministério Público do Trabalho) e para não prejudicar em longo prazo o funcionário.

Na agência, o gerente citado no protesto não quis se manifestar. A reportagem entrou em contato com assessoria do Bradesco e aguarda retorno.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Escolas estaduais terão aulas presenciais e remotas no ano letivo de 2021

Protocolo de biossegurança foi anunciado para as atividades presenciais O Governo de Mato Grosso do ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.