Home / Destaques / Gasolina mais cara do Brasil deve aumentar ainda mais no estado; Petrobras anuncia reajustes de 6% e de 5% para o diesel;

Gasolina mais cara do Brasil deve aumentar ainda mais no estado; Petrobras anuncia reajustes de 6% e de 5% para o diesel;

Aumento segue a valorização do preço do petróleo Brent no mercado internacional

– Valdenir Rezende

 

 

A Petrobras anunciou às distribuidoras que vai aumentar a partir da quinta-feira, 12, nas suas refinarias o preço da gasolina em 6% e do diesel (500 e S-10) em 5%.

O diesel utilizado por navios terá alta de 5,2%, informou a estatal nesta quarta-feira, 11. Apesar de já ter o combustível mais caro do Brasil, Mato grosso do Sul dificilmente deve ver o preço estabilizado.

De acordo com a Agência Estado, o aumento segue a valorização do preço do petróleo Brent no mercado internacional, que impulsionado por avanços nas pesquisas das vacinas contra o covid-19 vem subindo fortemente nos últimos dias, voltando a patamar próximo de US$ 45 o barril.

De acordo com a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) o aumento do diesel será de R$ 0,0855 por litro e a gasolina de R$ 0,0947 por litro.

Mais alta do país

Nesta semana, O correio do Estado reportou o quanto os insumos estão caros em MS. E pelo jeito a coisa vai piorar.

Segundo a agência Nacional do Petróleo e Gás (ANP), até o dia 7 deste mês o litro do combustível foi comercializado pelo valor médio de R$ 4,51, indo de R$ 4,43 a R$ 4,89.

Isso quer dizer que é provável que a gasolina em MS chegue ao valor médio de R$4,51 e o Diesel perto do R$5,00.

Conforme pesquisa realizada na segunda-feira (9), o preço médio do litro da gasolina comum é de R$ 4,50, variando entre R$ 4,45 e R$ 4,64.

Esses valores são dos mesmos postos visitados há um mês, quando o litro do combustível era comercializado a R$ 4,44, em média.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.