Guardiola questiona criação de Superliga: “Não é um esporte”

O técnico espanhol evitou criticar diretamente a posição do Manchester City, um dos times fundadores da nova liga

Técnico Pep Guardiola, do Manchester City 10/04/2021 Pool via REUTERS/Rui Vieira
Foto: Reuters

O técnico Pep Guardiola falou nesta terça-feira (20) sobre a polêmica envolvendo a Superliga Europeia, da qual a sua equipe, Manchester City, é uma das fundadoras. O espanhol evitou criticar diretamente a decisão de seu clube, mas fez questionamentos e mostrou desconforto com a ideia de existirem times fixos na competição.

“A declaração está lá, mas ninguém dá mais detalhes claramente. Eu adoraria que o presidente (da Superliga) explicasse como tomou essa decisão. Eu apoio meu clube. Amo fazer parte deste clube, mas também tenho minha opinião. E como eu disse, não tenho todas as informações. Mas se você me perguntar por que essas equipes foram selecionadas para jogar esta competição hipotética no futuro… Um esporte não é esporte quando a relação entre esforço e recompensa não existe”, afirmou.

“Não é um esporte se o sucesso está garantido ou se não importa quando você perde. Já disse muitas vezes que quero uma Premier League de sucesso, não apenas uma equipe no topo. Eles (criadores da Superliga) precisam esclarecer porque essas equipes estão e outras não, como é o caso do Ajax, que tem quatro títulos da Liga dos Campeões”, completou Guardiola.

Enquanto a polêmica da Supercopa segue sendo debatida pelas principais autoridades do futebol europeu, o Manchester City de Guardiola foca nas disputas do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões.

 

fonte:terranoticias
Espalhe por ai:

Veja Também

Decreto traz 6 regras que entram em vigor na segunda

Eventos grandes e estabelecimentos devem ter plano de contenção de riscos, mas não precisam protocolar ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.