Home / Destaques / Hemosul tem estoque quase zerado de três tipos sanguíneos e convoca doadores

Hemosul tem estoque quase zerado de três tipos sanguíneos e convoca doadores

Doações podem ser feitas de segunda a sábado, em Campo Grande e no interior

Doações podem ser agendadas ou por livre demanda no Hemosul – Foto: Divulgação

 

 

O Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul entrou em estado de emergência na última semana e permanece com estoque quase zerado de algumas tipagens sanguíneas.

A principal necessidade é dos sangues tipo O positivo e negativo, A e B positivo.

O órgão convoca doadores a comparecerem as unidades para o reabastecimento das bolsas de sangue a partir de segunda-feira (9), já que o Hemosul não abre aos domingos.

O Hemosul atende hospitais públicos e privados do Estado com bolsas de sangue e plaquetas.

Apesar da necessidade maior pelas três tipagens citadas, todas os tipos sanguíneos tem estoque menor do que o habitual e também precisam de doações.

Para aqueles que querem doar sangue, a orientação é que vá a uma unidade ou agende, se preferir.

Em Campo Grande o agendamento pode ser feito pelos telefones (67) 3312-1516 / (67) 3312-1529 ou pelo número exclusivo para WhatsApp (67) 99848-3035.

No interior do Estado, o agendamento pode ser feito direto nos telefones fixos de cada unidade.

Como doar

Para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos. No Hemosul, quem tem 16 e 17 anos precisa estar acompanhado de pai, mãe ou responsável legal para fazer a doação.

Caso o menor de idade seja emancipado, ele pode ir sozinho, levando o documento de emancipação. Já se for casado, deve levar a certidão de casamento.

A primeira doação somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue. A Rede Hemosul também aceita apenas doadores com 55 quilos ou mais.

Algumas doenças impedem a doação, sendo elas doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Quem estiver com gripe ou alergia deve esperar sete dias após sarar para doar sangue.

Alguns medicamentos e vacinas impedem a doação. É necessário informar o profissional de saúde sobre os remédios que está utilizando. Também é preciso estar bem alimentado para doar sangue, sendo recomendável apenas evitar excesso de gordura.

É necessário ainda levar um documento oficial com foto para fazer a doação.

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.