Judoca de MS é convocada para compor equipe de preparação das Olimpíadas

Alexia Vitória, de 18 anos, vai compor time que auxiliará atletas na competição

Alexia com a medalha de ouro conquistada nos Jogos Pan-Americanos (Foto: Arquivo pessoal)

 

Alexia Vitória Vilhalba, de 18 anos, foi convocada para integrar a equipe de apoio a seleção brasileira de judô nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, marcados para 23 de julho a 8 de agosto.

Ao todo são 20 atletas de base convocados pela CBJ (Confederação Brasileira de Judô) que ajudarão na preparação final da seleção brasileira em Hamamatsu, no Japão.

O objetivo da CBJ, além de auxiliar os profissionais para a competição, é ambientar os mais novos para futuras disputas, como os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, e de Los Angeles, em 2028.

Alexia tem na curta carreira participações em competições internacionais, como Mundial, e medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos, além de conquistas nacionais.

Para o pai e técnico da atleta, Alessandro Nascimento, a convocação para Tóquio é a realização de mais um sonho e uma motivação para o futuro. “É uma honra muito grande para mim, que sou o técnico da Alexia desde os seus três anos de idade. Olimpíadas e Mundial sempre foram o meu sonho quando atleta e, agora, vendo o meu sonho sendo realizado pela minha atleta e filha, a felicidade é dobrada. Isso é só o começo de mais conquistas que virão pela frente”, diz.

A seleção brasileira de judô contará com 13 atletas nas Olimpíadas. Entre eles está Rafael Silva, o “Baby”, favorito na categoria +100 kg. Rafael nasceu em Mato Grosso do Sul, mas foi criado no interior do Paraná.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Governo amplia vagas e destina R$ 3,8 milhões para atletas e técnicos de MS

Número de vagas aumentou 45%, de acordo com publicação no Diário Oficial desta quinta-feira   ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.