Home / Destaques / Lesão do ligamento cruzado anterior: é possível retomar nível de antes da lesão

Lesão do ligamento cruzado anterior: é possível retomar nível de antes da lesão

Problema, principalmente, no futebol, bom resultado vem após um intenso trabalho de reabilitação

(Foto: Divulgação)

(*) Por Dr. João Hollanda

Um dos maiores temores dos jogadores de futebol, a lesão do ligamento cruzado anterior é um dos problemas que mais acomete esses atletas. Em 2018, pelo menos 10 jogadores da série A do Campeonato Brasileiro foram submetidos à cirurgia para a reconstrução do ligamento.

Contudo, com as condições de tratamento atuais, a possibilidade de retornar ao mesmo nível antes da lesão é bastante grande. O resultado vem após um intenso trabalho de reabilitação pós-operatória, que dura algo entre 7 e 9 meses.

O tempo de recuperação depende das especificidades da lesão do ligamento cruzado anterior

O retorno de atletas de forma precoce ao gramado, e que haviam passado por uma lesão do ligamento cruzado anterior, foi objeto de estudo em 2016 por um conjunto de pesquisados da Noruega. A partir dessa pesquisa, foi possível chegar a conclusões como:

– Apenas 14% dos atletas foram aprovados quanto aos critérios para o retorno ao futebol em até 6 meses após a cirurgia;

– Para cada mês de atraso no retorno, o risco de outra lesão era reduzido em 50%, até completar 9 meses após a cirurgia;

– Entre os atletas que haviam retornado de maneira precoce e que já obedeciam aos critérios de retorno, não se observou um risco maior de lesões.

Assim, o retorno em até 6 meses após a cirurgia de lesão do ligamento cruzado anterior, pode colocar o joelho sob o risco de novas lesões, já que muitos apresentam uma deficiência de força.

No caso da lesão do ligamento cruzado anterior, quando a musculatura falha ou não está trabalhando de forma ideal, o ligamento passa a atuar e, consequentemente, tem que fazer muito mais esforço que o normal, aumentando assim, o risco de uma nova lesão no próprio Ligamento Cruzado Anterior e também de lesões diferentes, principalmente o estiramento muscular.

Reequilibrar a musculatura como resultado efetivo para a recuperação
A musculatura equilibrada deve trabalhar em conjunto com a recuperação funcional do joelho: corrida, acelerações, desacelerações, saltos, mudanças de direção, drible, chute, ou seja, tudo o que envolve um jogo de futebol. Além disso, esses movimentos devem ser feitos de forma totalmente confortável pelo atleta.

Com uma grande concentração de lesões do ligamento cruzado anterior, na parte final do primeiro ou segundo tempo de jogo, esse tipo de problema acomete o atleta quando ele já está cansado e sua musculatura não responde mais de forma eficiente.

Assim, estar bem fisicamente como um todo, é um dos fatores principais, por esse motivo, o retorno às atividades esportivas deve ser feito de forma progressiva, já que a expectativa de recuperação gira em torno de 7 a 10 meses após a cirurgia.

(*)O Dr. João Hollanda é médico ortopedista especialista em joelho e médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.