Home / Destaques / Marcos Trad declara desejo de disputar o governo do Estado

Marcos Trad declara desejo de disputar o governo do Estado

Segundo o prefeito da Capital, esse é um dos desejos de qualquer homem público

Marcos Trad declara desejo de disputar o governo do Estado – Álvaro Rezende

 

 

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), declarou na manhã desta terça-feira que deseja ser governador do Estado de Mato Grosso do Sul. A declaração foi dada ao apresentador Tatá Marques, na rádio Blink FM.

Segundo Trad, qualquer homem público deseja estar à frente dos principais Executivos, seja municipal ou estadual.

“Caso você perguntar a um jogador de futebol, se ele deseja vestir a camisa da Seleção Brasileira, ele vai responder que sim. Qualquer homem público teria, é lógico. Se você não tiver o juiz que começa na instância mais distante da Capital, um dia sonha em ser desembargador, o soldado um dia sonha em ser general e os homens públicos um dia sonham em ser chefes do executivo. Então é claro que eu desejo ser governador”, revelou.

A informação também havia sido repassada pelo seu irmão e senador Nelson Trad (PSD), ao Correio do Estado.

Ele foi perguntado se disputaria a governador nas eleições de 2022, mas ele afirmou que essa possibilidade seria construída junto às lideranças do seu partido e que nele existem outros nomes importantes como o prefeito da Capital para concorrer ao pleito.

“Não podemos descartar o nome do Marcos, pois ele é o chefe do maior Executivo municipal do Estado e vem fazendo um bom trabalho. Portanto, ele também poderá ser indicado a essa disputa, caso seja da vontade dele”, declarou Nelson Trad.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Conta de luz ficará até 8,9% mais cara em Mato Grosso do Sul, decide Aneel

O aumento será de 7,28% para residências e de 10,69% para empresas de 74 cidades ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.