Municípios que não prestarem contas sobre covid podem ficar sem vacina

Cidades estão colocando informações apenas no sistema federal e esquecendo do estadual

Chegada de vacina contra covid-19 a Campo Grande no dia 8 de abril. (Foto: Paulo Francis)

 

Na live para divulgação do boletim epidemiológico da covid-19 desta segunda-feira (19), o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, informou que os municípios que não prestarem conta sobre a doença poderão ficar sem novas doses de vacina.

Segundo o titular da SES (Secretaria Estadual de Saúde), há um conflito de informações nos sistemas do governo federal e estadual para o acompanhamento da vacinação.

“Está havendo um conflito entre o sistema criado pelo Ministério da Saúde, tem muitos municípios que só alimentam esse e não alimento o e-vacina criado aqui no Estado. Vamos receber vacinas de acordo com o abastecimento desse sistema”, explicou Geraldo.

Com isso, as cidades que não prestarem contas sobre as informações da doença no sistema estadual poderão ficar sem novas doses dos imunizantes.

“A gente decidiu na secretaria que os municípios que não alimentarem os dois sistemas não receberão doses na próxima remessa de vacinas porque essa é uma das obrigações dos municípios e uma obrigação fácil de fazer”, continuou durante a transmissão.

Geraldo aproveitou a oportunidade também para pedir que as pessoas que recebera, a primeira dose da vacina contra covid-19, procurem os pontos de vacinação para a aplicação da segunda dose.

 

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Decreto traz 6 regras que entram em vigor na segunda

Eventos grandes e estabelecimentos devem ter plano de contenção de riscos, mas não precisam protocolar ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.