Home / Destaques / Parada desde 2009, prefeito inaugura unidade de saúde para 3,5 mil famílias

Parada desde 2009, prefeito inaugura unidade de saúde para 3,5 mil famílias

A USF do Arnaldo Estevão de Figueiredo irá atender a população do bairro e adjacências como Vila Cavan e Aldeia Marçal de Souza

Prefeito vistoria Unidade de Saúde da Família do bairro Arnaldo Estevão de Figueiredo (Foto: Kisie Ainoã)

Com capacidade para atender 3,5 mil pessoas, foi inaugurada nesta sexta-feira (20) a Unidade de Saúde da Família do bairro Arnaldo Estevão de Figueiredo. As obras da USF estavam paradas desde 2009 e, até então, os moradores da região tinham de recorrer a unidade do bairro Tiradentes.

“Precisamos inaugurar essa unidade justamente para desafogar a unidade do Tiradentes”, declarou o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho. De acordo com ele, nestas obras foram investidos R$ 1,2 milhão do Ministério da Saúde com contrapartida da prefeitura.A unidade do bairro Tiradentes também deve passar por reforma entre fevereiro e março do ano que vem.

A presidente da associação de moradores do bairro, Suelly Gomes, comentou sobre a importância da unidade, lembrando do tempo de espera pelo término das obras. “Vai atender mais de 3 mil famílias”.

O prefeito Marquinhos Trad também lamentou o tempo de obra parada. “Quando o cidadão fica dez anos sem pagar os impostos o oficial de justiça toma até sua casa. E quando o gestor público deixa uma obra parada por dez anos?”, questionou, declarando ainda que “Obra cara é obra parada”.

Prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (Foto: Kisie Ainoã)
Prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (Foto: Kisie Ainoã)

Esta não é a primeira unidade de saúde iniciada em 2009 e concluída durante esta gestão. A segunda inaugurada nesta sexta-feira (20) é a unidade localizada no bairro Cristo Redentor. As unidades UBSF Sírio Libanês, UBSF Vila Cox, UBSF Azaleia, UBSF Oliveira II, UBSF Dom Antônio Barbosa e UBSF Zé Pereira também foram concluídas nos últimos três anos.

Para a dona de casa Antônia Maria Alves da Silva, de 71 anos, a inauguração representa praticidade. “É bom que agora está bem pertinho. Antes eu tinha que ir no Tiradentes e era puxado. Aqui fica bem melhor. Espero que tenha especialistas”, declarou.

A USF Arnaldo Estevão de Figueiredo irá atender a população dos bairros de sua área de abrangência: Parque Residencial Arnaldo Estevão de Figueiredo; Bairro Dalva de Oliveira I e II; Aldeia Urbana Marçal de Souza; Vila Cavan.

 

A unidade tem 406,07 metros quadrados de área construída e conta com investimento de pouco mais de R$1,2 milhão, sendo R$1 milhão de recursos da prefeitura e R$200 mil do Ministério da Saúde.

No local serão oferecidos os serviços de pré-natal, puericultura, consultas médicas, consultas de enfermagem, atendimento odontológico, vacinação, visita domiciliar por agente comunitário e equipe, exames preventivos, teste do pezinho, curativos, dispensação e administração de medicamentos, atendimento com assistente social, agendamento de consultas e exames, controle de glicemia para pacientes diabéticos, grupo de controle de hipertensos, atendimento aos programas ministeriais (saúde da criança, saúde do adolescente, saúde do idoso, saúde da mulher, tuberculose e hanseníase entre outros).

No Cristo Redentor, unidade vai atender 8 bairros na região: Rita Vieira 1,2,3, Jardim Água Viva, Jardim Lagoa Dourada, Cristo Redentor, Estrela Parque e Parque Dallas.
No Cristo Redentor, unidade vai atender 8 bairros na região: Rita Vieira 1,2,3, Jardim Água Viva, Jardim Lagoa Dourada, Cristo Redentor, Estrela Parque e Parque Dallas.

O dia foi de inaugurações para ampliar a rede de saúde. Pela manhã, o prefeito Marquinhos Trad já havia entregue a UBSF Cristo Redentor, também parada há 7 anos na região sul de Campo Grande. A previsão é que atenda 15 mil moradores.

A UBSF conta com sala de vacinação, serviço social, farmácia, sala de agentes comunitários, pré e pós consulta, setor de inalação e atendimento odontológico.

Oficialmente, a UBSF foi nominada como Carlos Alberto Jurgielewicz, em homenagem ao médico pioneiro e que atuou por mais de 50 anos até seu falecimento, em 2015.

Prefeito Marquinhos Trad entregou chaves do Loteamento Bom Retiro. (Foto: Divulgação)
Prefeito Marquinhos Trad entregou chaves do Loteamento Bom Retiro. (Foto: Divulgação)

Casas – Além das duas unidades de saúde, a sexta-feira teve realização de sonhos para 23 famílias que receberam as chaves da casa própria no loteamento Bom Retiro. O empreendimento atendeu moradores da comunidade conhecida como Cidade de Deus.

O projeto foi realizado em parceria entre Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários e Fundação Social do Trabalho de Campo Grande, também com apoio do Governo do Estado.

O projeto rendeu até prêmio nacional à prefeitura de Campo Grande porque, além  de construir as próprias moradias, os beneficiados foram qualificamos para voltar ao mercado de trabalho.

Foi mais uma fase do loteamento que já soma 90 unidades entregues do total de 136 casas. “A previsão de entrega das 46 moradias restantes é até fevereiro de 2020”, informa a prefeitura.

Os loteamentos José Teruel I e II, Jardim Canguru e Vespasiano Martins também integram o programa, que deverá atender a estas comunidades após a conclusão das obras no Bom Retiro.

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.