Home / Destaques / Praia Clube vence Flamengo e se torna campeão da Supercopa de Vôlei 2020

Praia Clube vence Flamengo e se torna campeão da Supercopa de Vôlei 2020

A equipe venceu por 3 sets a 1 em um jogo acirrado, disputado entre atletas de peso no cenário nacional

Praia Clube levou o troféu da Supercopa – Edemir Rodrigues/Governo MS

 

A equipe mineira Praia Clube derrotou o Flamengo nesta sexta-feira (6) em jogo no Guanandizão e se tornou a campeã pela segunda vez consecutiva da Supercopa de Vôlei.

A disputa não foi aberta ao público. Somente 600 pessoas (10% da capacidade do ginásio) foram convidadas para prestigiar o evento com figuras renomadas do vôlei nacional.

Entre elas o atual técnico do Flamengo, Bernardo Rocha de Rezende (Bernardinho), que já comandou a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino. Além da ponteira do Praia Clube, Fernanda Garay (Fê Garay), que integra a Seleção Brasileira de Voleibol Feminino.

No início do jogo o placar se manteve praticamente empatado. As cariocas se arriscaram em jogadas mais ousadas, mas logo mudaram de tática depois de pontos perdidos para o adversário e das broncas de Bernardinho, que demonstrava descontentamento ao lado da quadra.

Mesmo assim o experiente Praia Clube conseguiu vantagem e levou a melhor no fim do primeiro tempo, por 25 pontos, contra os 16 do Flamengo.

Já no segundo tempo o Flamengo voltou motivado e saiu em vantagem, dando esperança para os torcedores uniformizados que gritavam pelo time. O Praia Clube também mostrou garra e tentou alcançar as adversárias, mas não teve jeito. Flamengo ganhou por 25, contra os 23 da equipe mineira.

Empatadas, as jogadoras embarcaram para o terceiro set. Mais uma vez o Flamengo abriu vantagem, mas não conseguiu escapar e logo foi alcançado pelo Praia Clube.

Quando o Praia Clube já alcançava seu 20º ponto, a líbero do time, Suelen Pinto – que já conquistou medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano pela Seleção Brasileira na categoria juvenil, além do título do Campeonato Mundial Juvenil –  se machucou ao fazer uma defesa e precisou ser substituída.

Quem entrou no seu lugar foi a líbero Laís Vasques, que auxiliou na vitória do time, que ganhou de 25 a 21.

No quarto set o clima era de tensão entre as jogadoras do Flamengo, que precisavam vencer aquela rodada para disputar o último tempo do jogo. As cariocas lutaram pelo título, mas o Praia Clube abriu vantagem logo no início e venceu por 25 a 18.

Em decorrência aos protocolos da Covid-19, os jogadores colocavam as próprias medalhas que estavam dispostas em uma mesa. Para o azar do técnico Bernardinho, as de prata estavam ao lado das de ouro, que as confundiu e quase levou para casa a medalha do técnico Paulo Coco, do Praia Clube.

A distração foi embora diante do embaraço causado pelos gritos do ginásio. Sorte de uma torcedora que estava nas arquibancadas ao lado da entrada dos vestiários e conseguiu chamar sua atenção e garantiu uma selfie, mesmo que distante, com Bernardinho.

A organização do evento foi motivo de orgulho para o presidente da Secretaria Estadual de Esportes (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda.

“O Brasil está de olho em Campo Grande hoje, acho que esse evento vai servir de modelo para outros estados. E eu como um bom palmeirense, torci para o Praia Clube”, revelou.

A etapa masculina da Supercopa foi decidida na semana passada, dia 30 de outubro. A equipe de Taubaté ganhou do Cruzeiro, terminado em 3 sets a 2.

“Em termos de organização da primeira partida da supercopa para essa, pequenos detalhes foram corrigidos, evoluímos bastante. Isso só demostra a boa vontade de existe por parte da organização daqui de Mato Grosso do Sul. Então fico muito feliz com o que está sendo realizado aqui, que são as preparatórias para Liga das Nações que vão ocorrer em junho do ano que vem”, relatou o diretor executivo da Confederação Brasileira de Vôlei, Rodamés Lattari Filho.

Cerca de 100 pessoas trabalharam no evento, entre eles policiais da Guarda Civil e da Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Fundesporte.

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.