Home / Destaques / Prefeitura investe R$ 56,3 milhões na contratação de 256 leitos

Prefeitura investe R$ 56,3 milhões na contratação de 256 leitos

Publicação prevê contratação junto aos hospitais particulares e públicos para atendimento a pacientes com a covid-19

Contratação valerá para Santa Casa e outros hospitais (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Em decreto publicado em edição extra do Diogrande (Diário Municipal), a Prefeitura de Campo Grande abriu crédito extraordinário para contratação de 256 leitos de hospitais públicos e privados para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

De acordo com o secretário municipal de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, são 200 leitos convencionais e outros 56 leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). O prazo é válido para os próximos seis meses.

Além dos leitos, os valores devem ser investidos nas compras de EPIs (Equipamento de Proteção Individual). “Não foi orçado mais porque os hospitais não possuíam mais respiradores”, explicou.

Pedro Pedrossian Neto explicou que o próximo passo agora é o chamamento público para a compra. “Estamos fazendo tudo para antes de ontem, estamos correndo”, disse.

Na quinta-feira, o Executivo já havia publicado em Diário Oficial a contratação de leitos clínicos adultos e UTI de hospitais particulares. Contrato com a Clínica Campo Grande é de R$ 1,2 milhão por 30 dias.

Campo Grande conta, atualmente, com 108 pessoas contaminadas pela covid-19. São dois óbitos e outros oito casos sob investigação.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.