Home / Destaques / Prefeitura suspende passe-livre de 80 mil idosos e estudantes a partir de sábado

Prefeitura suspende passe-livre de 80 mil idosos e estudantes a partir de sábado

É mais uma das medidas para reduzir a circulação de pessoas para impedir o avanço de pandemia

Por dia, ônibus transportam 200 mil pessoas em Campo Grande e a prefeitura tenta reduzir circulação contra vírus. (Foto: Arquivo)

 

A partir de sábado (21 de março) até o dia 5 de abril  vão ficar suspensos os cartões de gratuidade no transporte coletivo de Campo Grande. A medida afeta 80 mil pessoas, para tentar reduzir o avanço do novo coronavírus.

Decisão da prefeitura de Campo Grande nesse sentido saiu nesta tarde, em decreto que consta de edição extra do Diogrande, publicação oficial do Município.

Com a medida, o objetivo é reduzir ainda mais a circulação de pessoas, na tentativa de reduzir a disseminação do novo corona vírus. O prefeito Marquinhos Trad (PSD) havia apelado às pessoas com mais de 60 anos para não sair de casa e avisou que suspenderia a gratuidade nos ônibus se percebesse que não houve redução na procura.

Em relação ao transporte coletivo, a reportagem apurou que será suspenso o passe livre de 50 mil estudantes e 30 mil idosos.  Por dia, circulam nos ônibus de Campo Grande em torno de 200 mil pessoas.

Público – Em outra medida, a prefeitura também restringe ainda mais o público máximo recomendado em eventos: agora a orientação é para que sejam apenas vinte pessoas.

A restrição começou com sugestão de máximo cem pessoas, passou para 50 em decreto publicado ontem, colocando a cidade em situação de emergência, e hoje foi alterada novamente.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.