Home / Destaques / Presa com cocaína, mulher diz que aceitou traficar para não ter filhos mortos

Presa com cocaína, mulher diz que aceitou traficar para não ter filhos mortos

Quatro pessoas foram presas por envolvimento no esquema de tráfico de drogas na noite de ontem (20)

Droga encontrada com grupo preso. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

Erica Silva Oliveira, 23 anos, foi presa na noite de ontem (20), em Campo Grande, após ser flagrada deixando um hotel com um quilo de cocaína. À polícia, ela contou que aceitou levar a droga para o interior de São Paulo para que os filhos não fossem mortos por traficantes. Além da mulher, outros três homens também foram presos.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar receberam denúncia anônima informando que uma mulher, hospedada em hotel na Vila Piratininga, deixaria o local com drogas. Os militares foram ao endereço e abordaram Erica logo após ela embarcar em um veículo de aplicativo de corrida. Na mala da suspeita, os policiais encontraram um quilo de cocaína.

À polícia, Erica contou que o marido está preso e, na cadeia, adquiriu dívidas com traficantes. Para quitá-las, ela teria que levar droga até Santa Fé do Sul, no interior de São Paulo. Ainda segundo relatos da mulher, caso não aceitasse fazer o transporte da droga, os dois filhos seriam mortos pelos traficantes.

A traficante contou aos policias que pegaria maconha em um endereço na Rua 26 de Agosto. Os militares foram ao local e encontraram Carlos Eduardo Amaral de Lima Costa, 19 anos, e Paulo Ricardo Oliveira de Morais, 20 anos. A dupla estava próxima a uma sucata de VW Kombi.

Durante buscas, os militares encontraram 18 quilos de maconha dentro de uma mala escondida na Kombi. A dupla revelou que pegou a droga com um homem identificado como Jefferson Dietrich da Silva, 32 anos, em um depósito de gás no bairro Buriti.

Os policiais foram ao local e abordaram o suspeito. Na casa dele, ao lado do depósito, os militares localizaram três quilos de maconha e R$ 1,8 mil em dinheiro.

Os quatro envolvidos no crime foram presos e encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.