Home / Destaques / Programa vai oferecer desconto em dívidas com bancos e concessionárias

Programa vai oferecer desconto em dívidas com bancos e concessionárias

Este ano, participam Energisa, Águas Guariroba, CEF, Itau, Banco do Brasil e Santander

CEF será uma das instituições que vão negociar débitos (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

 

Consumidores inadimplentes com instituições bancárias e concessionárias de serviços públicos poderão renegociar as dívidas na campanha Resolva Já, a ser lançada na segunda-feira (2). No ano passado, foram feitos 1,2 mil acordos de pagamento, mediante concessão de descontos.

Este ano, participam Energisa, Águas Guariroba, CEF (Caixa Econômica Federal), Itau, Banco do Brasil e Santander. O Resolva Já é feito em conjunto entre Procon-MS, CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e TJ-MS (Tribunal de Justiça de MS).

O superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão, disse que a condição imposta aos parceiros é que fosse concedido desconto diferenciado do que já é oferecido regularmente.

Salomão disse que fiscais do Procon vão acompanhar audiências, podendo opinar caso considerem que a proposta de acordo não seja satisfatória. As negociações também serão acompanhadas pelo Judiciário.

As audiências serão feitas das 8h às 11h, no Cijus (Centro Integrado de Justiça), localizado na Avenida Calógeras. Os detalhes do Resolva Já vão ser divulgados em entrevista coletiva na segunda-feira (2).

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.