Home / Destaques / Protagonista de aditivo milionário, wi-fi é a próxima etapa do Reviva

Protagonista de aditivo milionário, wi-fi é a próxima etapa do Reviva

Além da ativação da rede de fibra ótica, limpeza das calçadas também teve início

Equipes iniciaram hoje a lavagem e resinagem do piso instalado na via – Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Com previsão de entrega para o dia 29 deste mês, a revitalização da rua 14 de Julho, uma das vias mais movimentadas da Capital, já está com quase todas as fases concluídas. A instalação de internet wi-fi no local, estrutura que exigiu aumento no aditivo destinado para as obras do Reviva Campo Grande, será um dos próximos passos na reta final para conclusão da reforma.

A internet, que será livre e gratuita para pedestres que frequentarem a rua, tem previsão para entrar em atividade no próximo dia 29, data em que também é prevista a inauguração oficial da nova 14 de julho. A empreiteira responsável pela revitalização, Engepar, que elaborou a estrutura física subterrânea e o cabeamento necessários para a implantação da fibra ótica, precisou trabalhar em parceria com a Agência Municipal de Tecnologia e Informação (AGETEC) para que a etapa fosse executada.

A implantação da internet de fibra ótica, em conjunto com outras etapas da obra milionária, exigiu aumento no orçamento original previsto para a realização do Reviva Campo Grande. A reforma na 14 de julho, que inicialmente estava orçada em R$58 milhões, precisou receber o aditivo de mais de R$11 milhões para que pudesse ser concluída. O acréscimo liberado pelo Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) levou o custo total do projeto a ultrapassar os R$60 milhões. A justificativa utilizada na época de aprovação do aditivo foi de que o valor era necessário em “decorrência da reprogramação dos quantitativos de serviços inicialmente contratados”.

ETAPAS RESTANTES

A menos de três semanas para a data de inauguração divulgada pela Prefeitura de Campo Grande, os detalhes finais das obras estão próximos de serem concluídos. Uma das etapas de finalização é a retirada dos postes e fios, inutilizados após a instalação de fiação subterrânea no local. O trabalho de retirada dos 96 postes da rua, que está sendo executado por equipes da Energisa, foi iniciado na quarta-feira passada (6). Até o momento, foram removidos 90% do número total de postes. Além da fiação subterrânea, outros detalhes das obras foram concluídos recentemente. É o caso da pavimentação da pista de rolamento, pavimentação das calçadas, mobiliário urbano, rede elétrica e paisagismo, etapas finalizadas nas últimas semanas.

Na terça-feira (12), equipes iniciaram a lavagem e resinagem do piso instalado ao longo da via, atuando ao longo do dia na quadra entre as ruas 7 de Setembro e 15 de Novembro. Já a instalação da sinalização ainda deve seguir nos próximos dias. Os semáforos para veículos estão completamente instalados, enquanto que os semáforos para pedestres começaram a ser colocados ontem. A pintura de sinalização horizontal é a etapa com maior porcentagem ainda a ser concluída, restando 70% de execução.

A previsão dada pela Prefeitura é de finalizar a via no dia 29 de novembro e já entregar o local decorado para o Natal. Após a conclusão dessa etapa, o município deve levar a frente de obras para as vias transversais da 14, e a previsão é começar os trabalhos em março de 2020. A nova etapa compreende o quadrilátero entre as ruas Padre João Crippa e Avenida Calógeras e as avenidas Fernando Corrêa da Costa e Mato Grosso. A obra deve seguir o padrão estabelecido na 14 de Julho para a revitalização e modernização do Centro da Capital.

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

MS tem 406 pacientes internados com a covid e Saúde pede “medidas restritivas”

Durante live, titular da Secretaria Estadual de Saúde pediu a gestores municipais medidas como toque ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.