Home / Destaques / Recordes em MS: 256 casos em 24h, quase mil infectados e 5 mortos em 7 dias

Recordes em MS: 256 casos em 24h, quase mil infectados e 5 mortos em 7 dias

Abordagem feita em barreira sanitária na saída de São Paulo. (Foto: Henrique Kawaminami)

A quinta-feira chega com recordes no monitoramento da covid-19 em Mato Grosso do Sul. Desde ontem, são mais 256 infectados por coronavírus no Estado, número muito superior aos registrados até agora em apenas 1 dia. Ontem, por exemplo, foram 142.

Com mais um óbito registrado, o ritmo de mortes também assusta, são 5 desde a quarta-feira passada e 4 óbitos só nesta semana. A última morte foi divulgada hoje, uma senhor de 80 anos, morador de Rio Brilhante, mas internado em Dourados.

Se somarmos os últimos 7 dias, o índice de infectados teve acréscimo de quase 1 mil pessoas. No dia 4 de junho eram 1.997 contaminados, hoje são 2.853.

“O sinal vermelho foi aceso há muito tempo. Ainda não vencemos, ainda não passou a pandemia, e certamente vamos enfrentar dias terríveis nas próximas semanas”, alerta o secretário de Saúde, Geraldo Resende.

A ocupação de leitos subiu também. São 73 pessoas internadas, 39 em hospitais públicos e 34 em hospitais privados. Nas UTIs estão 29 pessoas.

Outros 1.297 infectados estão em isolamento domiciliar e 1.461 são considerados recuperados.

No Estado, 54 municípios já registram casos de covid-19.

Campo Grande subiu no ranking com 126 testes positivos, Dourados aparece com 93, Corumbá teve mais 9, Ponta Porã 6, Itaporã 4, São Gabriel do Oeste 4, Costa Rica 3, Ivinhema 3, Rio Verde 3, Aparecida do Taboado 2, Chapadão do Sul 2 e Mundo Novo 2.

Batayporã, Deodápolis, Coxim, Naviraí, Itaquiraí, Rio Brilhante, Paranaíba e Sidrolândia registraram apenas 1 infectado cada.

 

 

fonte:campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Comércio ficará aberto até mais tarde a partir do dia 5 de dezembro

Horário será ampliado devido ao período de fim de ano, que costuma ser de maior ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.