SAS reforça equipe para retirar moradores das ruas antes de frente fria

Número de pessoas que aceitam ir para unidade de acolhimento sobe 20% em noites frias

Servidor da SAS oferece acolhimento a morador de rua durante última onda de frio, na Capital (Foto: Divulgação/SAS)

 

Diante da previsão de uma nova onda de frio a partir da madrugada de quarta-feira (28), equipes da assistência social de Campo Grande já se preparam para oferecer ajuda aos moradores de rua. Muitos se recusam a deixar as ruas, mas no frio a situação é tão ruim que aumenta em torno de 20% o número de pessoas que aceitam ir para as unidades de acolhimento.

Os mais resistentes são os dependentes químicos, segundo a SAS (Secretaria de Assistência Social). Para as pessoas que não aceitam o acolhimento, as equipes entregam cobertores para ajudar de imediato.

As equipes se programam para fazer novas abordagens em outro momento àqueles que só aceitam os cobertores O objetivo é convencer essas pessoas sobre a importância de ir para uma unidade de acolhimento para se proteger do frio, que nesta semana será intenso.

Quem se recusa a ir para unidade de acolhimento, recebe cobertor para se proteger do frio (Foto: Divulgação/SAS)
Deve fazer mínima de 19ºC amanhã (27), na quarta a mínima já cai para 9°C e na quinta-feira os termômetros podem marcar até 3°C e durante o dia a temperatura não deve passar de 17ºC. Na sexta-feira, as temperaturas variam de 5°C a 22°C, de acordo com Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

O céu fica cada dia mais encoberto até o fim da semana e na sexta deve até gear na Capital.  Tem possibilidade de chuva isolada na noite de quarta-feira.

Qualquer pessoa que ver moradores de rua pode acionar a SAS. O Serviço de Abordagem Social atende pelos telefones (67) 98404-7529 e 98471-8149. Ao receber a ligação e indicação do local onde um morador de rua precisa de ajuda, as equipes vão até o local.

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Governo amplia vagas e destina R$ 3,8 milhões para atletas e técnicos de MS

Número de vagas aumentou 45%, de acordo com publicação no Diário Oficial desta quinta-feira   ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.