Home / Destaques / Semana de restrições terá vacinação em massa

Semana de restrições terá vacinação em massa

Além de frear o contágio para reduzir as internações, município prepara campanha agressiva de imunização

 

Na semana de restrições das atividades para frear o contágio pelo coronavírus, causador da Covid-19, a Prefeitura de Campo Grande pretende agir agressivamente em outra frente: a vacinação em massa.

Para isso, pretende ampliar a faixa de idade para imunização nesta semana e atender até 10 mil pessoas por dia, atingindo o público-alvo de pessoas com mais de 67 anos de idade.

O reforço será possível por conta das duas remessas de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, na quarta-feira (17) e no sábado (20). São mais 32.630 novas doses, que permitirão a ampliação no calendário de vacinação.

É o que explicou o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), José Mauro Filho. “Nós já usamos cinco mil doses da oitava remessa para o público de 74 anos e repescagem e agora vamos fazer uma força-tarefa esta semana, para que o público de 67 anos consiga se vacinar antes do fim de semana”.

Novo plano

O plano de vacinação será lançado às 8h30min de hoje, no gabinete do prefeito, mas passa a valer a partir de amanhã. Nesta segunda-feira, serão vacinadas pessoas com 73 anos, e a partir de amanhã o calendário vai avançar de dois em dois anos, até chegar nas pessoas com 67 anos.

As datas e idades são: pessoas com 72 e 71 anos, na terça-feira; 70 e 69 anos, na quarta-feira; e 68 e 67 anos, na quinta-feira.

“Nosso objetivo é alcançar o máximo de pessoas e diminuir o número de internações e óbitos. Estamos indo muito bem no calendário de vacinação. Durante a semana ainda vamos observar se há possibilidade de abrirmos outros calendários com sobras ou novas remessas. Vamos ver o andamento”, comentou o secretário.

Com isso, Campo Grande baterá o recorde de vacinação, com 3.500 vacinados ainda hoje, sete mil na terça-feira, chegando a 10 mil vacinados em apenas um dia na quinta-feira. O recorde revela o aumento na procura pelas doses.

O secretário ressalta que os últimos calendários ultrapassaram 100% de interesse. “Só é importante frisar que as pessoas procurem os locais mais vazios para a vacinação, e não os de preferência. Nós temos visto muita gente indo só onde já costuma ir e sobrecarregando alguns locais, enquanto outros estão bem mais tranquilos”.

Outra novidade é o horário de vacinação integral. Os mais de 30 pontos de imunização estarão vacinando de manhã e à tarde. A Sesau estuda ainda abrir mais um ponto de vacinação, no ginásio Guanandizão.

Estratégia

Campo Grande antecipou dois feriados de 2021 e 2022 e decretou semana restritiva na Capital entre hoje e domingo. No período, apenas 32 serviços considerados essenciais estão liberados para funcionar.

De acordo com José Mauro Filho, a medida restritiva dá forças ao mutirão organizado pela Saúde para cumprimento e ampliação do calendário de vacinação.

“Um dos objetivos dessa restrição foi concentrar os esforços da Saúde apenas na vacinação. Então vamos fazer uma força-tarefa para que todas as pessoas previstas possam ser vacinas em uma semana”, contou o secretário.

José Mauro ainda reforça a importância da vacinação na diminuição de óbitos: “Nós tivemos uma redução bem significativa no número de óbitos de idosos com 90 anos, por exemplo, que já foram imunizados. Nosso objetivo é esse”.

Planos de saúde

O secretário de Saúde revelou ainda que a Sesau está organizando, com os planos de saúde, a vacinação de beneficiários em seus próprios polos, para não sobrecarregar os pontos de vacinação.

É uma articulação da Secretaria para que aqueles que têm plano de saúde sejam vacinados nos polos do próprio plano, ajudando para não criar aglomerações nos pontos de imunização. As articulações começaram ontem com a Cassems e a Infusex, mas os planos interessados também poderão procurar a Sesau durante a semana.

Histórico

Até 12h30min deste domingo, 60.553 pessoas foram imunizadas com a primeira dose da vacina contra o coronavírus e mais 25.551 com a segunda dose.

Remessas

Campo Grande recebeu a oitava remessa de imunizantes, com 20.460 doses, na quarta-feira (17). A nona remessa chegou neste sábado (20), com mais 12.170 doses para a Capital.

A primeira remessa foi entregue em Mato Grosso do Sul no dia 18 de janeiro, com 158.760 doses da Coronavac. Destas, 23.932 foram destinadas apenas para Campo Grande.

A segunda remessa foi no dia 24 do mesmo mês, quando 22 mil doses da vacina de Oxford chegaram ao Estado, 9.340 apenas para a Capital.

A terceira remessa, com 10.200 doses da Coronavac, chegou no dia seguinte. Do total, Campo Grande recebeu 3.600 doses do imunizante chinês.

A quarta entrega ocorreu no dia 7 de fevereiro, foram 32 mil doses, e foi encaminhada aos municípios. Os imunizantes, além da primeira dose, foram usados para a segunda aplicação nas pessoas com mais de 80 anos que receberam a Coronavac.

A quinta remessa trouxe mais 35.700 doses para o Estado, em 24 de fevereiro. Na ocasião, foram recebidas 22.500 doses da vacina AstraZeneca/Oxford vindas da Índia e outras 13.200 doses da Coronavac.

A sexta remessa teve 27,8 mil doses da Coronavac e foi entregue no dia 3 de março. A sétima remessa chegou no dia 9, com 30,6 mil doses.

 

 

fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Prêmio de 40 milhões da Mega-Sena tem uma aposta vencedora

Uma única aposta acertou os seis números do concurso 2363 da Mega-Sena realizado neste sábado (17) ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.