UFMS oferece brinquedoteca para filhos de estudantes e servidores

As vagas disponíveis são divididas 50% para filhos de estudantes, 30% para servidores e 20% de trabalhadores terceirizados

 

Alunos e servidores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) agora terão um lugar destinado a seus filhos, uma antiga demanda atendida nessa semana. O espaço será uma brinquedoteca, que funcionará a partir da próxima segunda-feira (16).

De acordo com o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Albert Schiaveto de Souza, as vagas disponibilizadas serão divididas em 50% para filhos de estudantes, 30% para filhos de servidores e 20% para filhos de trabalhadores terceirizados.

O local terá atividades para as crianças, e funcionará em todos os períodos, matutino, vespertino e noturno. Segundo a universidade, a iniciativa é para que os pais possam se dedicar ao desenvolvimento profissional.

A brinquedoteca também será um espaço em que os graduandos e pós-graduandos que atuam com o atendimento às crianças, poderão complementar sua formação. Além de estudantes de pedagogia, voluntários acadêmicos de educação física, medicina e história também podem participar do projeto.

As inscrições devem ser feitas até o dia 27 de maio, no Sistema de Informação e Gestão de Projetos (Sigproj). É necessário anexar um termo de compromisso, a certidão de nascimento ou documento de identidade, o documento de identificação do responsável e o comprovante de matrícula na rede regular de ensino, no caso de crianças entre 4 e 10 anos.

As turmas e horários disponíveis são:

  • 2 a 4 anos: terça e quinta-feira, das 13h15 às 17h
  • 2 a 4 anos: segunda-feira, das 18h30 às 22h
  • 4 a 7 anos: segunda e quarta-feira, das 7h30 às 11h
  • 4 a 7 anos: segunda e quarta-feira, das 13h15 às 17h
  • 4 a 7 anos: segunda e quarta-feira, das 18h30 às 22h
  • 7 a 10 anos: terça e quinta-feira, das 7h30 às 11h
  • 7 a 10 anos: terça e quinta-feira, das 18h30 às 22h
fonte: correiodoestado
Espalhe por ai:

Veja Também

Com processo de contratação aberto, crianças autistas ficam sem acompanhamento

Desde a volta às aulas, alguns alunos da Rede Municipal seguem sem assistente educacional inclusivo ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.