Home / Destaques / Verão começa com muita chuva repentina, mas sem calorão de 40ºC

Verão começa com muita chuva repentina, mas sem calorão de 40ºC

Para Campo Grande, a previsão do meteorologista Natálio Abrahão é que termômetros oscilem entre 19ºC e 32ºC

Sol entre nuvens no céu azul da Capital; característica do verão são dias parcialmente nublados e chuva a qualquer hora (Foto: Kísie Ainoã)

 

Aos 19 minutos deste domingo (22) começou o verão, com previsão de calor, mas também de chuvas fortes e repentinas. Hoje será o dia mais longo de 2019. A estação dura até às 23h50 do dia 19 de março, quando dia e noite terão exatamente a mesma duração – 12 horas cada.

“As temperaturas são elevadas no solo e no ar, o que favorece as mudanças rápidas nas condições do tempo. As pancadas de chuva são de curta duração e forte intensidade, principalmente no período da tarde acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento, com frequência acima dos 50 km por hora”, descreve o meteorologista Natálio Abrahão, da Uniderp, no prognóstico para o período de dezembro, janeiro, fevereiro e março.

Ele explica que o verão passado foi muito influenciado pelo fenômeno El Niño, o que é favorável para a agricultura de Mato Grosso do Sul, já que mantém as chuvas mais regulares e distribuídas do meio para o fim da estação. Mas, desta vez será diferente.

Estão previstos grandes volumes de chuva, principalmente paras as regiões sudoeste, nordeste e centro do Estado. “Entre Dourados e Maracaju e de Dourados a Aral Moreira, com valores médios superiores a 190 mm no mês. Nas regiões Norte, Nordeste e Leste, devem ficar com cerca de 180 mm em cada mês”, completa o meteorologista.

Na previsão de Natálio, Campo Grande e outras 11 cidades podem enfrentar chuvas com volumes acima da média. São elas: Maracaju, Terenos, Bandeirantes, Naviraí, Ivinhema, Angélica, Novo Horizonte e Corumbá, Ladário, Porto Murtinho e Miranda.

O meteorologista faz alerta ainda para tempestades acompanhadas de raios. “É o período do ano de maior incidência, apesar de ocorrer todo o ano esses são os meses de mais continuidade. Esses são os eventos decorrentes das nuvens de trovoadas presentes em toda a estação”.

O prognóstico prevê ainda muito vento. “Devem ocorrer rajadas de ventos acima dos 50 km por hora nas regiões central, sudoeste, sudeste e sul do Estado. Não significa que não ocorra nas demais regiões”.

Temperaturas – Também por conta da fraca influência o El Niño, de acordo com o meteorologista, temperaturas ficam dentro das médias históricas. “Os valores devem ultrapassar máximas de 32ºC. As máximas podem chegar aos 35ºC no leste, norte e oeste. Nas regiões sudeste, sul e sudoeste devem ter máximas em 30ºC e, em alguns casos, atingir 33ºC”.

Para Campo Grande, a previsão é que termômetros oscilem entre 19ºC e 32ºC.

 

fonte: campograndenews
Espalhe por ai:

Veja Também

Escolas estaduais terão aulas presenciais e remotas no ano letivo de 2021

Protocolo de biossegurança foi anunciado para as atividades presenciais O Governo de Mato Grosso do ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.